Please use this identifier to cite or link to this item: http://guaiaca.ufpel.edu.br:8080/handle/prefix/8014
metadata.dc.type: doctoralThesis
Title: Avaliação do impacto da reabilitação protética na qualidade de vida relacionada à saúde bucal de pacientes oncológicos
Other Titles: Evaluation of the impact of prosthetic rehabilitation on the quality of life related to oral health of cancer patients
metadata.dc.creator: Corrêa, Gislene
metadata.dc.contributor.advisor1: Bergoli, César Dalmolin
metadata.dc.contributor.advisor-co1: Silva, Alexandre Emidio Ribeiro
metadata.dc.description.resumo: Qualidade de vida é um conceito amplo que abrange a percepção do respondente/paciente e inter-relaciona o meio ambiente com aspectos físicos, psicológicos, nível de independência, relações sociais e crenças pessoais ou religiosidade. O câncer é um problema de saúde pública e está entre as enfermidades crônicas que afetam a qualidade de vida, já a saúde bucal é um elemento indispensável do cuidado oncológico que deve ser buscada e preservada de modo a contribuir para a manutenção da qualidade de vida do paciente. Sendo assim, este estudo teve por objetivo avaliar se o tratamento reabilitador protético exerceria influência na qualidade de vida relacionada à saúde bucal (QVRSB) de pacientes oncológicos atendidos no Hospital Escola da Universidade Federal de Pelotas- RS. A amostra foi por conveniência, A coleta dos dados socioeconômicos, demográficos, saúde geral foi obtida por meio de um questionário fechado por uma entrevistadora treinada. Para a saúde bucal foi realizado exame físico por um dentista calibrado para a obtenção de informações de cárie dentária e uso e necessidade de prótese seguindo os critérios propostos pela Organização Mundial da Saúde. Para mensurar o impacto das condições bucais na qualidade de vida foi aplicado o Oral Health Impact Profile (OHIP-14). Foi coletado para ajuste de análise as variáveis descritivas dos sintomas depressivos em que foi aplicado o instrumento BDI-SF (Inventário de depressão de Beck) e para as condições de xerostomia foi utilizado o questionário proposto por Fox 1987. Estes três questionários foram aplicados antes de se realizar a reabilitação com prótese dentária e após 6 meses do paciente reabilitado proteticamente. Foram incluídos 47 pacientes no período de abril de 2017 a julho de 2019. Os resultados do presente estudo indicam melhora da QVRSB dos pacientes oncológicos reabilitados com próteses dentárias em todas as dimensões(p<0.05) realizadas pelo teste de Mann ‐ Whitney, com nível de significância de 5%. Entre os tipos de reabilitação realizada, após análise de regressão linear bruta e ajustadaquem reabilitou com prótese total superior e inferior teve maior impacto na qualidade de vida OHIP 3,9 (IC 95% 0,1-7,6; p=0,030) em comparação com pacientes reabilitados com prótese parcial superior ou inferior ou prótese parcial superior e inferior. Assim, conclui-se que a reabilitação protética contribuiu para melhorar o QVRSB em pacientes oncológicos, destacando que os indivíduos reabilitados com próteses totais duplas apresentaram os maiores impactos relacionados à qualidade de vida.
Abstract: Quality of life is a broad concept that covers the perception of the respondent/patient and interrelates the environment with physical, psychological aspects, level of independence, social relationships and personal beliefs or religiosity. Cancer is a public health problem and is among the chronic diseases that affect quality of life, while oral health is an indispensable element of cancer care that must be sought and preserved in order to contribute to the maintenance of the patient's quality of life. Thus, this study aimed to evaluate whether prosthetic rehabilitation treatment would influence the quality of life related to oral health (QLROH) of cancer patients treated at the Hospital Escola of the Federal University of Pelotas- RS. The sample was for convenience, The collection of socioeconomic, demographic and general health data was obtained through a closed questionnaire by a trained interviewer. For oral health, a physical examination was performed by a calibrated dentist to obtain dental caries information and the use and need of prosthesis according to the criteria proposed by the World Health Organization. The Oral Health Impact Profile (OHIP-14) was applied to measure the impact of oral conditions on quality of life. Descriptive variables of depressive symptoms in which the BDI-SF (Beck Depression Inventory) instrument was applied for analysis, and the questionnaire proposed by Fox 1987 was used for analysis and for xerostomia conditions. These three questionnaires were applied before rehabilitation with dental prosthesis and after 6 months of the patient protected rehabilitated. Forty-seven patients were included from April 2017 to July 2019. The results of the present study indicate improvement in the QLROH of cancer patients rehabilitated with dental prostheses in all dimensions (p<0.05) performed by the Mann ‐ Whitney test, with a significance level of 5%. Among the types of rehabilitation performed, after crude and adjusted linear regression analysis, those who rehabilitated with upper and lower total prosthesis had a greater impact on quality of life OHIP 3.9 (95% CI 0.1-7.6; p=0.030) compared to patients rehabilitated with upper or lower partial prosthesis or upper and lower partial prosthesis. Thus, it is concluded that prosthetic rehabilitation contributed to improve QLROH in cancer patients, highlighting that individuals rehabilitated with double total dentures had the greatest impacts related to quality of life.
Keywords: Qualidade de vida
Prótese dentária
Neoplasia
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::ODONTOLOGIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Pelotas
metadata.dc.publisher.initials: UFPel
metadata.dc.publisher.department: Faculdade de Odontologia
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Odontologia
Citation: CORRÊA, Gislene. Avaliação do impacto da reabilitação protética na qualidade de vida relacionada à saúde bucal de pacientes oncológicos. 2020.76f. Tese- Doutorado em Odontologia – área de Concentração Prótese Dentária) -Programa de Pós-graduação em Odontologia. Universidade Federal de Pelotas, Pelotas, 2020.
metadata.dc.rights: OpenAccess
URI: http://guaiaca.ufpel.edu.br:8080/handle/prefix/8014
Issue Date: 20-May-2020
Appears in Collections:PPGO: Dissertações e Teses

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese Gislene Corrêa.pdf969,23 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons