Please use this identifier to cite or link to this item: http://guaiaca.ufpel.edu.br:8080/handle/prefix/6983
metadata.dc.type: article
Title: "Mal Banal" e América Latina: uma análise por meio da perspectiva Arendtiana.
Other Titles: "Banality of evil" and Latin America: an analysis by Arendt perspective.
"Mal banal" y América Latina : un análisis realizado por la perspectiva de Arendt.
metadata.dc.creator: Schio, Sônia Maria
Abstract: O presente ensaio visa a aproximar o conceito de "mal banal" utilizado por Arendt (1906-1975) para referir-se aos atos praticados durante os Totalitarismos da primeira década do séc. XX, o Nazista (1933-1945), em especial, com aqueles praticados na América, sobretudo a Espanhola, após o chamado "Descobrimento" (1492), exposto por Frei Bartolomé de las Casas (1474-1566). Para a prática do "mal banal", ou para a execução de atos maus, não é necessário que haja um agente maligno, religiosa ou ontologicamente tratando, ou com alguma espécie de fanatismo ou ideologia. Basta, apenas, alguém que não pense no que faz, não avalie os seus atos, não se coloque no lugar do outro, como fizeram os espanhóis, durante a denominada "Conquista da América" (1493-1550). A hipótese a ser desenvolvida é a de que, em ambos os eventos, a dignidade humana foi contornada porque o interesse de poucos prevaleceram: lucros, dominação, posse de terras, uso de mão de obra barata (escrava). Para que isso não continue a ocorrer, é preciso pensar. Torna-se necessário resistir e evitar que as práticas do mal aconteçam, e que as pessoas continuem sendo usadas como coisas, como meio, para algo que não seja a dignidade humana e a preservação do entorno.
Keywords: Arendt
"Mal banal"
Frei Bartolomé de Las Casas
Ação
Dignidade humana
Frei Bartolomé de Las Casas
Accíon
Dignidad humana
Bartolomé de Las Casas
Banality of evil
Action
Human diginity
metadata.dc.language: por
Publisher: Centro Latino-Americano de Estudos em Cultura - CLAEC
Citation: SCHIO, S. M. "Mal Banal" e América Latina: uma análise por meio da perspectiva Arendtiana. RELACult - Revista Latino-Americana de Estudos em Cultura e Sociedade, [S. l.], v. 2, n. 4, p. 42–53, 2016. DOI: 10.23899/relacult.v2i4.309. Disponível em: https://periodicos.claec.org/index.php/relacult/article/view/309. Acesso em: 4 fev. 2021.
metadata.dc.rights: OpenAccess
metadata.dc.identifier.doi: https://doi.org/10.23899/relacult.v2i4.309
URI: http://guaiaca.ufpel.edu.br:8080/handle/prefix/6983
Issue Date: 2016
Appears in Collections:Departamento de Filosofia: Artigos de periódicos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Mal_Banal_e_America_Latina.pdf555,25 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons